Parques

Você sabia que 47% da cidade de Londres são áreas verdes? Londres tem centenas de parques, praças e jardins que podem ser aproveitados por todos. Não deixe de reservar algumas horas para aproveitar a tranquilidade dos parques (que por sua vez possuem diversas atrações, como playground infantil, lagos, pedalinhos e até piscinas!).

Os londrinos aproveitam os parques independentemente da temperatura, para fugir do estresse do dia a dia, fazer exercícios, almoçar, encontrar amigos ou simplesmente respirar ar fresco, observar a vida selvagem e caminhar entre as árvores.

Alguns dos parques mais centrais são: Hyde Park, Kensington Gardens, Regent’s Park, Green Park e St James’s Park.

Richmond Park

O Richmond Park é uma das principais razões pela qual as pessoas se deslocam até Richmond – todo mundo quer ver os cervos andando livremente – mas o bairro oferece mais do que o parque. Seus cafés e restaurantes nas ruelas do centrinho, assim como os pubs na beira do rio, são ótimos pontos de parada para lanche ou almoço (ou até mesmo brunch). A histórica Ham House com sua linda coleção de arte e mobiliário também vale a visita. E, para quem ama flores e plantas, não deixe de conhecer a Petersham Nurseries, e aproveite para tomar um café ou chá da tarde nesse colorido oásis!

Green Park

O Green Park é o menor dos oito parques reais de Londres e é uma espécie de ponte entre o Hyde Park, a noroeste e o St. James Park, a leste. Está localizado em frente do Palácio de Buckingham – a residência oficial do monarca britânico. Sua área é de 19 hectares.

Diferentemente dos seus vizinhos, o Green Park não possui grandes lagos nem se destaca por seus imponentes memoriais ou estátuas, mas por sua beleza serena que está composta por centenas de árvores e zonas verdes que oferecem um festival para todos os senti

A história do parque remonta a época de Henrique VIII, onde foi por muito tempo o lugar favorito para duelos aristocratas britânicos.

Simples e tranquilo, o Green Park é uma agradável zona verde (como seu próprio nome indica), que costuma ser escolhida por muitos londrinos e turistas para se afastar dos ruídos da cidade.

Hyde Park

Uma imensa área verde de 142 hectares, o Hyde Park é um dos palcos favoritos dos londrinos para demonstrações políticas, concertos de rock ou simplesmente descansar corpo e mente. O cuidadoso paisagismo e o Lago Serpentine atraem milhares de visitantes todos os dias, incluindo os que vão ouvir ou serem ouvidos no Speakers’ Corner, um local onde as pessoas discursam sobre o que quiserem, desde que não se usem linguajar obsceno.

Atualmente, o Hyde Park é público e é uma das áreas verdes mais frequentadas, sendo um dos mais importantes pontos turísticos de Londres. O local abriga restaurantes e cafés, clubes para a prática de boliche e tênis, cavalos para hipismo, um agradável lago que pode ser percorrido de pedalinho, entre outras atrações. Por lá é possível alugar cadeiras para curtir a paisagem com conforto e tranquilidade.

Vários shows musicais também acontecem no Hyde, que já foi palco de estrelas como Queen, Madonna, Foo Fighters e Rolling Stones. Esportes ao ar livre, como rúgbi e corrida, são muito praticados pelos frequentadores que aproveitam a paisagem para cuidar do corpo e da mente.

No Hyde Park está instalada a Fonte Memorial de Diana, um memorial em formato de fonte oval que foi construído em homenagem à princesa Diana.

St James’s Park

É o mais antigo dos parques Reais de Londres e fica localizado na Cidade de Westminster.

Possui cerca de 23 hectares de área e fica no lado sul da área de St. James, onde situava-se um hospital para leprosos dedicado a Santiago Menor.

O St James’s Park é de uma beleza natural incrível, com uma bela flora e fauna, com animais que vão de esquilos a pelicanos. O parque tem um lindo lago, e um canal com uma ponte que não pode deixar de ser conferida, de onde se tem uma ótima vista do Palácio de Buckingham, perfeita para fotos.

O parque fica próximo ao Palácio de Buckingham, tendo um de seus lados limitado pelo The Mall e outro, ao norte, faz limite com o famoso Palácio de St. James.

Regent’s Park

Regent’s Park é também um dos parques públicos reais de Londres.

Projetado por John Nash, o parque possui uma área de 395 acres e inclui os belíssimos Jardins da Rainha Maria que são compostos por mais de 12 mil rosas de 400 variedades diferentes.

Com excelentes instalações desportivas abrangendo quase 100 hectares, inclui a maior área de esportes ao ar livre no centro de Londres. O parque também abriga um teatro ao céu aberto, o jardim zoológico de Londres, a colina Primrose e mais 100 espécies de pássaros selvagens.

Holland Park

Enquanto a maior parte dos parques de Londres tem pombos e esquilos, o Holland Park tem pavões, uma lagoa enorme cheia de carpas e ópera ao ar livre. Sim, é realmente elegante, mas não pense que é só isso.

O parque também é o inusitado local de um dos melhores hostels de Londres, abrigado em um prédio listado como Grau I, bem no centro do parque! Acomodação de realeza, mas com orçamento de mochileiros. Outras atrações do lugar incluem um tabuleiro de xadrez gigante, lindas árvores e o tranquilo jardim Kioto Gardens, onde uma das opções de atividades ao ar livre é meditar ao som de uma queda d’água de verdade.

Greenwich Park

Greenwich Park também é um dos parques reais de Londres. Era um antigo parque de caça e um dos maiores espaços verde do sudeste de Londres, com cerca de 70 hectares. Foi criado por volta de 1430 e, inicialmente, somente a realeza e sua Corte podia utilizá-lo. O público em geral só teve acesso a partir do século 18. É considerado o parque cercado mais antigo de Londres.

Segundo a lenda, D. Carlos II, em 1662, passeava por esse parque com D. Catarina de Bragança, rainha da Inglaterra. D. Carlos II resolveu oferecer-lhe uma flor mas, em vez de oferecer a flor à rainha, ofereceu-a por engano a outra senhora que por lá passava. D. Catarina de Bragança, revoltada, mandou arrancar todas as flores desse parque, restando apenas relva verde.

Sempre movimentado, o local ainda abriga diversos tipos de atividades culturais e de lazer periodicamente.

London Fields

Pode parecer que London Fields não tem nada de especial, mas em uma tarde ensolarada, a atmosfera é mágica. Localizado ao lado do Boradway Market, ao norte do Regent’s Canal, este parque de Londres se transforma nos finais de semana, se enchendo de londrinos apreciando comidas de rua do mercado, bebendo cerveja e tocando música até o sol se pôr.

Para aqueles com o orçamento apertado, esse também é um dos poucos parques de Londres onde você pode fazer um churrasco, então aí você tem uma ótima alternativa de onde ir em Londres em um dia de sol: junte alguns amigos e prepare seus espetinhos vegetarianos.

Victoria Park

Uma caminhada despretensiosa pelo Victoria Park, em East London, é o momento perfeito em uma manhã de domingo. Primeiro, visite o Pavillion, a melhor cafeteria em um parque de Londres, onde você pode carregar suas energias com um café da manhã inglês completo e uma bebida quente de excelente qualidade com vista para o lago.

Faça a digestão com uma caminhada ao redor do lago, relaxando no tranquilo pagode chinês e nas pontes ornamentadas. Se você estiver particularmente cheio de energia, pode ir até a pista de skate ao ar livre e testar suas habilidades. O parque é um lugar popular para festivais, lar dos anuais Lovebox e Field Day, e muitas vezes é usado como heliporto não-oficial das ambulâncias aéreas de Londres – então fique atento e pronto para tirar uma foto.

Springfield Park

Também no leste de Londres, fica o Springfield Park, um excelente opção para fugir do circuito turístico. Ele tem um lago e muitas áreas verdes, sendo inclusive uma reserva ambiental. O parque tem caminhos de mata bem selvagem e ótimas vistas. No lugar mais alto do parque é possível ver boa parte da cidade (em dias claros). Conta com quadras, campo de cricket e um café para dar uma relaxada por lá também.

Kensington Gardens

Fazia parte do Hyde Park, o maior parque de Londres, sendo separado por um decreto real, após a construção do Palácio de Kensington, famoso por ter sido a residência oficial de várias figuras importantes na história da Inglaterra, entre elas, a Princesa Diana.

Kensington Gardens é repleto de atrações importantes, o que faz dele um dos mais visitados parques de Londres. Além do Palácio de Kensington, o parque abriga também o mundialmente famoso Royal Albert Hall, a casa de espetáculos mais tradicional da cidade, e o Memorial ao Príncipe Alberto, um belíssimo monumento construído pela rainha Vitoria em memória do seu falecido marido (localizado de frente para o Royal Albert Hall).

O parque costuma ficar lotado na primavera e no verão, quando adolescentes se reúnem para partidas de futebol e os moradores da área saem para passear com os seus cachorros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome